Começa nesta quinta novo mutirão de vacinação contra a febre amarela na Ufes

A Administração Central da Ufes inicia nesta quinta-feira, 30, um novo mutirão de vacinação contra a febre amarela (veja abaixo os dias e horários).

A vacinação será realizada nas salas da Ala 1 e 2 do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD), e a orientação é que todos os membros da comunidade universitária sejam imunizados contra a doença.

A ação foi definida após uma reunião (foto) realizada na tarde desta quarta-feira, 29, entre o reitor Reinaldo Centoducatte, a vice-reitora Ethel Maciel e representantes das secretarias estadual e municipal de Saúde. Na reunião, a Universidade foi informada de que as amostras de sangue de dois dos quatro macacos capturados vivos na mata do entorno do campus de Goiabeiras deram resultado positivo para febre amarela. As amostras foram analisadas pela Fundação Oswaldo Cruz.

Além da vacinação no campus, outras ações serão realizadas pelas secretarias de saúde do Estado e de Vitória, entre elas a intensificação da aplicação de fumacê na região.

“É fundamental que toda a comunidade universitária seja imunizada. Quem ainda não foi vacinado deve se vacinar. Nossa intenção é imunizar 100% das pessoas que trabalham ou estudam no campus”, afirmou a vice-reitora, Ethel Maciel.

Monitoramento

A ação de captura e monitoramento dos saguis que habitam no entorno do campus teve início no dia 8 de março e foi desenvolvida pela equipe do Departamento de Ciências Biológicas da Ufes. O objetivo é monitorar a saúde dos animais, que atuam no meio ambiente como sentinelas, já que a morte desses indivíduos aponta para um possível problema.

Os saguis foram capturados em armadilhas colocadas na mata localizada atrás da Gráfica Universitária. Eles receberam um chip de identificação e um colar que informa o sexo do animal e o grupo ao qual pertence. A equipe também coletou sangue, fezes e mucosa dos animais, que foram encaminhados para análise clínica.

O coordenador da ação, professor Sérgio Lucena, afirmou que a contaminação desses macacos por febre amarela indica que houve a presença de mosquitos transmissores da doença na região, já que a análise foi encaminhada no início do mês.

“Mas não podemos afastar a possibilidade de que ainda existam esses mosquitos na área. Por isso a importância da imunização das pessoas que circulam na região”, alertou.

Sabe-se que, no campus de Goiabeiras, existem sete famílias de macacos, cada uma com ao menos seis indivíduos.

Mutirão

No período de 3 a 11 de março, a Ufes realizou uma ação conjunta de vacinação contra a febre amarela que imunizou  um total de 12.727 pessoas no campus de Goiabeiras. Como no início do mês, o mutirão que começa nesta quinta-feira vai reunir professores, técnicos e estudantes em uma atividade de voluntariado, para colaborar com ações que já vinham sendo realizadas por prefeituras e outras instituições públicas e privadas.

Veja os dias e horários de vacinação:

- Quinta-feira (30): das 12 às 19h30
- Sexta-feira (31): das 8 às 16 horas
- Segunda-feira (3/4): das 8 às 20 horas

Obs.: Para a vacinação na Ufes não é necessário trazer comprovante de residência, mas é importante trazer um documento de identificação e o cartão de vacinação (se tiver).  

Mais informações sobre a vacinação no Estado podem ser obtidas no site da Secretaria de Estado da Saúde: www.saude.es.gov.br

Texto: Thereza Marinho

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910